• Fernanda Barcellos

Como o software médico pode auxiliar na extração de dados para geração de insigths e melhorias?

Atualizado: Mar 17

Uma das áreas que está sob constante mudança e atualização, com certeza, é o segmento da saúde. É necessário se preocupar com todos os aspectos, desde a decoração e arquitetura das clínicas e consultórios médicos, até a tecnologia que está envolvida na logística da entrega do serviço. Diante disso, a migração para os processos digitalizados e mais rápidos torna-se fundamental e natural nesse segmento. Ao ter como objetivo o aperfeiçoamento do trabalho dos médicos, tornando as tarefas diárias mais rápidas e eficientes, garantindo uma experiência cada vez melhor aos pacientes, essas plataformas vêm proporcionando um salto de qualidade e produtividade dentro desses prestadores.


Nesse cenário tecnológico, uma das ferramentas que surgiu, a fim de organizar e otimizar os resultados, foi o software médico para clínicas e consultórios. A partir dele, é possível promover ganhos reais em agilidade, padronização e resultados. Auxiliando toda a equipe de médicos, administradores e recepcionistas, essa tecnologia permite o gerenciamento de uma forma global, transparente e qualificada.


O prontuário eletrônico, que permite ao profissional de saúde acessar informações de seus pacientes em qualquer lugar e a qualquer hora de maneira segura, real time, é uma das mais relevantes funcionalidades disponibilizadas por esse tipo de ferramenta, uma vez que permite o acompanhamento integral do paciente por parte da equipe. Além desse aspecto, contar com um poderoso sistema financeiro, que permite controlar o fluxo de caixa e a extração de dados dos relatórios para uma análise detalhada, também podem ser decisivos para a gestão e administração assertivas e sob medida.


Os outputs e relatórios têm extrema importância para a tomada de decisões estratégicas em uma clínica, na medida em que contribuem para o embasamento de planejamentos e análises segmentadas. O segredo está em definir bem os dados a serem avaliados e o que efetivamente fará sentido para alcançar o objetivo dentro do vasto e volumoso universo de informações que um sistema de gestão pode te entregar. Uma dica para quem deseja melhorar a visualização e interpretação de dados é explorar a visualização através de gráficos, exibição de totais, subtotais, médias e curvas históricas. Tudo isso vai contribuir para que as decisões sejam tomadas de maneira rápida e eficiente.


Diante dessa tendência de mercado, que exige cada vez mais velocidade e assertividade, e que possui cada vez menos espaço para morosidade e erros, tornar o gerenciamento de dados uma tarefa automatizada, através de um ótimo software médico, é tornar-se mais competitivo, sustentável e preciso.


E o Shosp é um exemplo claro disso. Não só por ter sido desenvolvido com a preocupação de gerar agilidade, controle, foco no gerenciamento das tarefas e fluxos administrativos, como também exercendo um viés claro para a humanização do atendimento.


No relatório Relacionamento com o Paciente, extraído a partir de um dos recursos que o software Shosp proporciona a seus clientes, é possível ter um exemplo claro de como essa integração plataforma-insights pode agregar valor ao negócio. Nele, há a fácil identificação de quais pontos podem ser melhorados e que vantagens de cada unidade da clínica podem ser exploradas e trabalhadas. Tudo isso, baseado unicamente na resposta de satisfação dos pacientes. Esse é um exemplo que ajuda a ilustrar dois pontos importantes: o primeiro está relacionado à percepção de valor, satisfação e nível de serviço oferecido aos pacientes; o segundo, ao uso do potencial de diferenciação e vantagens competitivas a favor da estratégia.


Um exemplo bastante claro de como um sistema para clínicas pode agregar extração de dados e geração de insights, a fim de fornecer melhorias reais e rápidas, foi o feedback que um determinado cliente obteve de que as revistas de sua recepção estavam desatualizadas. Nesse questionário especificamente, havia uma pergunta que se direcionava aos itens de entretenimento disponíveis durante a espera, e, ao analisar o resultado global e específico, diante da baixa pontuação e comentários atribuídos ao “item” revistas, foi possível identificar essa falha e providenciar a substituição periódica de exemplares. Sem esse recurso de feedback quase instantâneo, talvez a clínica demorasse a perceber ou jamais soubesse a causa da insatisfação do paciente, o que poderia no curto e médio espaço de tempo afetar o desempenho de crescimento e ganho de visibilidade.


O exemplo é trivial, entretanto, revela, de maneira simples, como é possível agregar tecnologia, análise e tomada de decisão em um só lugar, ganhando eficiência operacional e direcionando recursos e energia àquilo que efetivamente interessa: o cuidado centrado no paciente e em suas necessidades reais e imediatas.










0 visualização

© 2023 por Boost360. Criado orgulhosamente com Wix.com